empreendedorismo feminino

As mulheres sempre estiveram presentes e atuantes no mercado de trabalho. O que mudou no cenário atual é que elas não aceitam mais papéis secundários e serem deixadas de lado nas decisões mais importantes.

As mulheres buscam ter as mesmas oportunidades que os homens. Mediante isso, entra em cena o empreendedorismo feminino.

O empreendedorismo, de uma maneira geral, é a ação de começar novos projetos ou investir em mudanças, através de uma empresa ou projeto já existente. Muitas vezes, esse termo está ligado à produção ou criação de produtos inovadores no mercado.

Quando ligamos o empreendedorismo às mulheres, também estamos tratando de inovação e mudanças. Ao buscarem posições superiores e mais relevantes no mercado de trabalho, as mulheres também procuram uma maior igualdade.

Com uma maior participação das mulheres em diversos tipos de negócios, o reconhecimento da capacidade empreendedora da mulher se torna maior. E, associado a isso, vem a constatação de que as mulheres sempre foram figuras importantes e participativas para o crescimento econômico do Brasil.

Por diversas vezes, a importância da mulher na economia brasileira foi esquecida. Porém, segundo dados do Governo Federal, a cada quatro lares brasileiros, três são chefiados por mulheres. Nestes lares, 41% dessas mulheres possui um negócio próprio, o que move totalmente a economia.

Com essa conjuntura estabelecida na economia brasileira, o ano de 2019 promete ser de grande importância para o empreendedorismo feminino.

Você se interessou pelo assunto? Então acompanhe esse artigo para saber tudo sobre o empreendedorismo feminino.

Você também pode ver o conteúdo em tópicos:

Características do empreendedorismo feminino

Ao entrarem no mercado de trabalho como novas empreendedoras, as mulheres trazem uma visão diferenciada para um meio muito competitivo. Estas possuem características próprias que facilitam o desenvolvimento empreendedorismo.

Além desses atributos particulares, o empreendedorismo feminino tem o seguinte aspecto: as mulheres buscam mais informações sobre o setor em que querem abrir o seu negócio.

Além disso, elas procuram mais os serviços de atendimento ao empreendedor do que os homens.

As mulheres também são mais abertas a buscar uma melhor capacitação. Há o dobro de mulheres empreendedoras com ensino médio completo em relação aos homens.

Veja na lista abaixo outras características do empreendedorismo feminino:

  • As mulheres empreendedoras tendem a conciliar, de uma maneira melhor, a vida pessoal com a profissional. Dessa forma, problemas pessoais não causam impacto na empresa, o que deixa o negócio mais estável;
  • Geralmente, as mulheres apresentam a seguinte característica: maior atenção no trabalho. Esta característica é fundamental na gestão dos negócios, pois gera a diminuição de erros e perdas. Logo, a empresa consegue ter um desenvolvimento melhor;
  • Outro ponto que impulsiona o empreendedorismo feminino é o fato de que as mulheres costumam ser mais atenciosas com os clientes e fornecedores. Assim, é possível estabelecer um laço de confiança com os fornecedores e uma maior fidelização com os clientes, deixando o negócio mais sólido.

Desafios do empreendedorismo feminino

Apesar de estar em constante crescimento no Brasil e no mundo, o empreendedorismo feminino ainda encontra barreiras para pode evoluir exponencialmente.

Leia abaixo alguns motivos que ainda dificultam o empreendedorismo feminino.

Dupla jornada

Por mais que esse aspecto alcance pessoas de ambos os sexos, é fato que as mulheres ainda são as maiores responsáveis pelo cuidado dos lares brasileiros. Um estudo revelou que as mulheres trabalham 7,5 horas a mais que os homens durante a semana.

Dessa forma, o lado profissional da mulher é conciliado com afazeres domésticos, o trato com a família e com os estudos. Mesmo com a jornada múltipla de trabalho, as mulheres conseguem ter um maior grau de estudo do que os homens, como dito anteriormente, e assim, despontar como empreendedoras no mercado de trabalho.

Preconceito

Devido à construção social brasileira ao longo dos séculos, ainda existem muitos estigmas e preconceitos associados à mulher no mercado de trabalho.

Um deles é o fato de que por muito tempo, na sociedade brasileira, o homem foi o único provedor das famílias. Isso ainda gera, infelizmente, desconfiança na capacidade de gestão profissional e familiar das mulheres.

Por mais que diversas conquistas já tenham sido alcançadas pelas mulheres, esse preconceito ainda existe.

As mulheres negras também sofrem muita discriminação. Além de superar as barreiras impostas pela sociedade às mulheres em geral, elas enfrentam outro problema, o racismo. O fator racial ainda influencia nas decisões dentro do mercado de trabalho.

Mas, com as lutas dos movimentos feministas desde meados do século XX, as mulheres têm demonstrado sua importância na economia brasileira e mundial. E, com isso, atingindo posições melhores no mercado de trabalho.

Restrições de crédito

Muitas mulheres, quando tentam iniciar um negócio próprio e buscam crédito junto às instituições financeiras, se deparam com uma série de limitações. Linhas de créditos menores e com maiores taxas de juros em relação às oferecidas para homens na mesma situação.

Essas restrições dificultam o desenvolvimento do empreendedorismo feminino e acaba fechando diversas empresas que poderiam ter um futuro promissor.

Ok, mas por que toda mulher pode e deve empreender?

Mostraremos como você pode se tornar dona de si mesma (mais ainda) e do seu próprio negócio!

Motivos para toda mulher empreender

trabalho online

Com esse cenário de adversidade estabelecido, você deve estar se perguntando: “por que devo me tornar uma empreendedora?”

Pois bem, agora te daremos alguns motivos para que você saia do lugar comum e invista no seu “lado chefe”.

Questão financeira

Obviamente, o primeiro motivo para você empreender é a questão financeira.

Como dito anteriormente, três de cada quatro lares brasileiros são chefiados por mulheres. Dessa  forma, essas líderes de família precisam encontrar alguma maneira de ter a sua própria renda, sendo o empreendedorismo uma das principais formas.

Outro ponto que também envolve o dinheiro, é a questão de conseguir uma independência financeira em relação ao marido.

Com o desenvolvimento de um negócio próprio, é possível conquistar um renda e não depender exclusivamente do cônjuge.

DICA: Liberdade financeira: Como você pode conquistar trabalhando de casa

Satisfação profissional e pessoal

Além da parte financeira, pesquisas mostram que um dos principais motivos do empreendedorismo feminino é a busca por uma satisfação profissional e pessoal.

A busca por um negócio que traga prazer ao ser executado está na lista de prioridades das mulheres. Por isso, é de fundamental importância o estudo prévio do empreendimento antes de entrar de cabeça no projeto e se arrepender depois.

Fazer a diferença

Outro ponto que influencia a entrada das mulheres no empreendedorismo é a busca em fazer algo positivo e novo para o mundo, de uma forma geral. Fazer a diferença para as pessoas é uma das motivações no empreendedorismo feminino.

Além disso, a busca pelo empoderamento e independência social se torna algo gratificante para as mulheres que empreendem.

Principais setores do empreendedorismo feminino

setores empreendedorismo feminino

Para uma inserção inicial no mercado profissional como empreendedoras, as mulheres costumam buscar áreas de atuação onde tenham pouca atuação de empreendedores masculinos.

É possível visualizar um exemplo desse cenário através de dados, nos quais mostram que as mulheres que empreendem atuam mais no setor de serviços.

Veja os ramos da economia brasileira onde o empreendedorismo feminino tem grande participação:

  • O setor de beleza e estética é um dos mais procurados pelas empreendedoras. Segundo a pesquisa do Ipea, 14,3% das mulheres que buscam empreender buscam esse segmento para investir. Enquanto isso, apenas 3,3% dos homens optam por investir nessa área;
  • Outro ramo de participação das mulheres é o do varejo em vestuário, com a presença de 12% das mulheres empreendedoras do Brasil. Já os homens nesse setor correspondem apenas 3,1%.

Como me tornar uma boa administradora?

Não é fácil em um curto espaço de tempo se transformar em uma administradora de um empreendimento. Mas é totalmente possível fazer uma boa gestão do seu negócio com algumas ações simples.

O primeiro trabalho a ser feito é ter um amplo conhecimento, baseado em estudos, sobre a área do seu negócio. Dessa maneira, será possível determinar estratégias para o negócio e estipular planos de ações para o futuro.

Também é preciso organizar o tempo no seu dia a dia para que você não fique sobrecarregada. Organizar a agenda do dia é fundamental para não perder tempo demais em determinadas ações, além de descartar as ações que não precisam da sua supervisão.

Assim, caso você tenha uma equipe, a mesma pode se encarregar do trabalho, o que demonstra confiança nos profissionais.

Também é preciso estipula metas, prazos e prioridades realistas, para que todos saibam exercer corretamente seu papel. Dessa maneira, você, como administradora, poderá acompanhar o desempenho de cada membro da equipe e cobrar melhores resultados caso for necessário.

A partir dessa cobrança por resultados, é possível estabelecer uma cultura que busque sempre o melhor desempenho dentro do seu negócio. Isso é possível, incentivando a melhor qualificação dos seus funcionários e oferecendo treinamentos para os membros da equipe executarem novas funções.

Como conseguir sucesso com a minha empresa?

sucesso no empreendedorismo feminino

O sonho de qualquer empreendedor é que seu negócio prospere e que, no futuro, colha frutos do seu trabalho. Mas como fazer isso em um mercado competitivo e que exige inovações?

Siga esses 3 passos básicos. Assim, o sucesso estará no seu caminho.

Acompanhamento dos negócios

Para uma empreendedora que está iniciando sua vida no mundo dos negócios, lidar com certas situações e pressões do cotidiano podem ser coisas bem difíceis. Além disso, colocar em prática medidas inovadoras é bastante trabalhoso para alguém sem experiência.

De certa forma, a melhor maneira de conseguir sucesso, no início da sua vida no empreendedorismo, é contando com a ajuda de um serviço de atendimento aos negócios. Esse auxílio é de suma importância para que o negócio consiga sair do papel e entrar na prática.

Nesse tipo de modelo, profissionais com experiência auxiliam a empreendedora a se desenvolver em um determinado projeto para que, no futuro, ela comande tudo por conta própria e desenvolva seus planos para o negócio.

Funcionários qualificados

Sempre busque profissionais que engrandeçam e que contribuam no desenvolvimento do seu negócio. Funcionários que não se acomodam nos seus cargos ou funções e que buscam sempre melhorar a qualificação profissional, são ótimos para o negócio.

Com pessoas desse estilo na sua equipe de trabalho, a busca pela perfeição será constante. Com isso, seu negócio crescerá mais rapidamente.

Feedbacks

Acho que você já ouviu essa frase: “o cliente tem sempre a razão!”.

Agora que você está começando a empreender, essa afirmação deverá te ajudar a chegar no sucesso. É muito importante ouvir a opinião do seu cliente para os negócios prosperarem.

Tenha sempre um canal de comunicação aberto e esteja pronta para ouvir críticas e sugestões dos seus consumidores. Além disso, faça pesquisas de opinião sobre o seu serviço e atendimento, sugerindo para os clientes que apontem mudanças que acham necessárias.

A partir disso, estude a viabilidade das ideias e o potencial que elas podem adicionar ao seu negócio. Dessa maneira, o seu cliente sempre estará satisfeito, criando uma fidelização com a sua marca.

Conclusão

E agora, minha cara leitora, você acha que está pronta para ser a mais nova mulher a investir em si mesma e empreender?

Lhe mostramos todos os desafios que você irá enfrentar, os motivos para empreender, bem como dicas para administrar melhor a sua empresa e chegar ao topo.

O que acha de começar a “pensar fora da caixa” e começar a empreender em 2019?

Seja independente, ganhe dinheiro mesmo com pouco tempo livre.

É possível!

As técnicas e dicas apresentadas nesse artigo servirão de base para você começar.

Mas o fundamental no campo do empreendedorismo é a busca incessante pelo conhecimento e novas formas de inovar. O importante é não parar no tempo e achar que só tem uma maneira de empreender.

Você é livre para fazer o que quiser!

Se inscreva em nossa lista VIP para receber mais conteúdos completos, com dicas práticas que podem ser aplicadas imediatamente para melhorar os resultados do seu negócio.

Responsável pelo planejamento das redes sociais e parte do time de conteúdo, ela vai roubar o tédio dos seus dias e transformar você e seu negócio com posts incríveis.