trabalho online

Talvez você esteja procurando novas oportunidades de trabalho em casa para complementar sua renda, e muitas são de trabalho online.

Se você não for da geração que nasceu com um celular na mão ou um computador no colo, provavelmente vem se deparando com uma barreira digital.

De todas as oportunidades que aparecem, numa boa parte delas é preciso saber mexer no computador. E, confesse, quando você vê isso, nem lê as próximas linhas, e abandona a ideia, não é mesmo?

Entretanto, outras oportunidades de trabalho tomam um tempo que seria para seu descanso ou para a família.

Além disso, envolvem investir dinheiro – e nem sempre a gente tem o chamado “capital de giro”, ou no popular, dinheiro sobrando.

Por este motivo, hoje queremos desmistificar o trabalho online para você, que acha que não está tão familiarizado com o mundo digital. Se você sabe navegar no seu celular, podemos garantir que você sabe mais do mundo digital do que pensa.

E com isto em mente, podemos garantir que você pode aproveitar ótimas oportunidades de trabalho online, com ecommerce, sem sair de casa.

Isto significa que você pode conseguir sua renda extra perto de sua família, curtindo seus filhos, com apenas uma ou duas horas por dia. O que você acha disso?

Continue lendo este artigo para ver mais sobre como trabalhar pela internet em 2018.

Veja o conteúdo também em tópicos

O que é trabalho online? Para quem serve?

Trabalho online ou trabalho pela internet é todo trabalho desenvolvido através de um computador, pela internet, em sites ou redes sociais. É o futuro batendo à nossa porta.

Todo mundo pode se beneficiar do trabalho online. Ele pode ser um complemento de renda, ou mesmo ser a fonte principal da renda da pessoa. Depende do tempo investido, e o que escolher trabalhar na internet.

Com um pouquinho de empenho, você pode começar a ter sua renda extra sem grandes investimentos, sem aluguel, sem deslocamentos pela cidade.

Uma das formas de ganhar dinheiro online é abrir uma loja virtual, ou ecommerce, como chamamos aqui.

O que é ecommerce e qual a diferença para um comércio tradicional

o que e ecommerce

Se você quisesse abrir um pequeno comércio em seu bairro, precisaria:

  • definir seu plano de negócios antes de iniciar (SEBRAE ajuda nesses casos);
  • reserva de dinheiro, para bancar pelo menos o primeiro ano, quando a diferença entre o que investe e o que ganha fica zero a zero, praticamente;
  • um local, provavelmente alugado;
  • comprar mercadorias, e ter lugar para estocar;
  • um funcionário ou outro membro da família para ajudar, quando você não estiver na loja;
  • licença de funcionamento;
  • pelo menos 8 horas diárias para se dedicar ao seu novo negócio.

O e-commerce, porém, é um negócio virtual. Acontece dentro da internet, e tem algumas vantagens:

  • o investimento inicial nunca será igual ao de uma loja convencional;
  • você não precisa ter uma loja física, poderá trabalhar pela internet em sua casa;
  • dependendo do trabalho na internet que escolher fazer, não precisará nem de ajuda;
  • também dependendo do que escolher fazer, poderá trabalhar poucas horas, e ter o resto do tempo para fazer o que quiser.

Há pessoas que usam o ecommerce como extensão de uma loja física, ou para divulgar um trabalho em casa que elas mesmas fazem (por exemplo, artesanatos, doces, entre outros).

Neste caso, ainda que tenha uma loja virtual para aumentar suas vendas, estas pessoas precisam ter capital de giro (grana sobrando) para:

  • comprar mercadorias ou matérias primas;
  • pagar funcionários.

Também precisam investir mais tempo, tanto para fazer o que for necessário (compras, confecção de produtos, atendimento ao cliente), quanto para enviar mercadorias para os clientes.

Há porém outras formas de ecommerce, aonde metade destas preocupações não existem, e seu conhecimento de internet não precisa ser enorme. Falaremos dele logo adiante.

Os números do crescimento do ecommerce no Brasil

Segundo a revista Apólice, só em 2018 o ecommerce brasileiro já registrou um crescimento de 12,50%. Temos hoje cerca de 675 mil lojas online.

faturamento ecommerce 2018

E a maior parte destas lojas online estão adaptadas para que seus sites sejam fáceis de navegar em qualquer lugar: tela do computador, num tablet e principalmente no celular.

Segundo a mesma publicação, cresceram o número de sites de grandes lojas, e também de sites médios, com até 500 mil visitantes mensais. Os sites pequenos, com até 10 mil visitas mensais, representam 82,48% do nosso ecommerce.

Também foi observado, na pesquisa do BigDAta Corp, entre maio de 2017 e maio de 2018, que cresceu o número de ecommerces vendendo produtos com preços médios abaixo de 100 reais. Eles respondem por 84,32% do nosso comércio digital.

Temos o crescimento de mais de 14%  nos sites de ecommerce com produtos variados;  as lojas de nicho (específicas para um tipo de produto ou de cliente) caíram quase 20% no mesmo período.

E um fato comum à maioria das ecommerce (para sermos exatos, 80% delas): descobriram o poder das redes sociais para divulgação de seus produtos.

Os dados mostram mais de 70% das lojas virtuais no Facebook, e mais de 16% de lojas no Instagram.

Segundo o site ecommercebrasil, em 2017 a pesquisa Webshoppers de 2018 mostrou que o setor faturou 47,7 bilhões de reais em 2017, crescendo 12% em relação ao ano anterior.

A expectativa é que este crescimento se repita em 2018.

Esta pesquisa também apontou que os consumidores já concretizam mais vendas pelo celular e tablet, e que 31,5% das vendas foram feitas em marketplaces (shoppings virtuais, para deixar mais claro).

Algo que não pode ser deixado de lado, é que as mulheres são quem compram mais online.

Também na pesquisa da E-Consulting, divulgada no site da SBVC, o ecommerce no Brasil deverá faturar aproximadamente 77,5 bilhões de reais em 2018, ou seja, um aumento de 20,9% em relação ao faturamento de 2017.

Você tem interesse em participar disso?

Trabalho online com ecommerce: uma opção imperdível

Se o ecommerce é um bom negócio, queremos te apresentar algo realmente imperdível.

Imagine-se começando a trabalhar pela internet com ecommerce, abrindo uma loja virtual. Se você tivesse um Gênio da Lâmpada, imagino que pediria:

  • um trabalho pela internet que seja fácil de gerenciar, mesmo que você não tenha uma super experiência no mundo virtual;
  • um negócio que coubesse em seu bolso, ou seja, que precisasse de pouco investimento;
  • um trabalho na internet que tivesse um retorno financeiro rápido;
  • algo que pudesse ser feito em suas horas vagas;
  • algo que você possa começar sem precisar comprar produtos para manter um estoque.

O GL (Gênio da Lâmpada, nosso amigo pessoal) escutou os pedidos, não só seus, mas de muita gente. E criou um modelo de ecommerce que além  de tudo, reduz sua dor de cabeça com estoques e envios de mercadorias.

O nome desta modalidade é Drop shipping, e vamos falar dela agora.

Drop shipping: o modelo de ecommerce que você sonhou

drop shipping modelo ecommerce

Se você pensa que não conhece nada de drop shipping, você se engana.

Pergunte aos seus filhos ou pessoas de sua família que navegam na internet, se não conhecem os sites AliExpress ou Wish.

Esses e muitos outros sites, de pessoas como eu e você, utilizam o drop shipping para comercializar de tudo o que você possa imaginar: eletrônicos, celulares, relógios, adereços, roupas, enfeites para casa, ferramentas e muito mais.

Qual é a diferença entre o drop shipping e outras modalidades de ecommerce?

  • você não precisa de loja física, nem espaço para estoque;
  • você não precisa fazer estoque, ou seja, não precisa investir em mercadoria;
  • o investimento é baixo, voltado para montar o seu site;
  • os produtos são importados;
  • você não precisa se preocupar com envio de encomendas.

Imagino que agora você se pergunte como isso é possível. Vamos explicar a seguir.

O que é Drop shipping

O Drop shipping é uma modalidade de ecommerce onde você intermedia a venda de produtos importados, principalmente da China, para os clientes.

Trabalho de divulgação online

Sua loja virtual estará em português, e servirá de vitrine para produtos de grande procura, mas de difícil acesso, por estarem em sites estrangeiros. Ou seja, um trabalho de divulgação online.

O preço dos produtos, mesmo com impostos, é convidativo tanto para o cliente quanto para quem vende.

O produto é solicitado pelo cliente por sua loja virtual. Você é quem faz os pedidos para o fornecedor estrangeiro.

Há bons fornecedores, normalmente os fabricantes dos produtos originais. Sabemos que produtos estrangeiros tem muitas cópias, mas você sempre pode encontrar fornecedores confiáveis, fique tranquilo.

O fornecedor é que embala, e remete a mercadoria diretamente para seu cliente. Ele emite um código de rastreamento, que é passado por você para o cliente.

Sempre deixamos informado no site que o envio demora entre um ou dois meses, pois vem de fora.

E não se preocupe, há toda uma regularização para trabalhar com drop shipping no Brasil, como empreendedor, pagando os impostos necessários, dentro da lei.

O que é preciso para começar uma loja virtual

Primeiro e mais importante, para seu trabalho online, é preciso um computador. Segundo, o pé no chão e dedicação, mesmo que sejam de poucas horas, diariamente.

Vale lembrar que é o olho do dono que engorda o gado, sempre.

É preciso conhecer os produtos que você pode revender, e escolher com o que irá trabalhar em sua loja virtual.

Você poderá pensar em um “nicho”, ou grupo de clientes específico, para escolher os produtos (por exemplo, produtos de decoração para quartos infantis).

Não precisa ficar preocupado, pois como não tem estoque, se algum produto “não sair da prateleira”, você poderá substituir por outro, e ver se tem mais saída.

E sem perder dinheiro.

Conhecer fornecedores bons, e saber detalhes como seus prazos de entrega, quantidades de produtos para pedidos  e políticas de troca; saber o valor dos impostos devidos para já embutir no preço, são fatores muito importantes.

Também é necessário escolher plataformas que facilitem sua vida ao administrar sua loja virtual. Nelas você pode hospedar seu site de ecommerce, e já ter ferramentas para gerenciar seus negócio, desde pedidos, pagamentos, estoques e muito mais.

E, claro, saber como divulgar seu ecommerce, fruto de seu trabalho online, nas redes sociais, como Facebook e Instagram, por exemplo.

Será que esta oportunidade de trabalho online é mesmo para mim?

Acreditamos que a oportunidade de trabalhar online é para todos. Também acreditamos que quem sair na frente agora estará muito bem nos próximos anos.

Apesar do grande crescimento do ecommerce no Brasil, ele é muito pequeno se comparado aos números deste tipo de negócio nos Estados Unidos e Europa. Muita gente ainda não acordou para esta realidade, e acredita que trabalhar de oito a quinze horas por dia é a única forma de viver.

Por isto, insistimos em dizer: esta oportunidade é para você, a oportunidade de viver melhor, com dinheiro no bolso, e qualidade de vida. Trabalhar pela internet também proporciona mais tempo para a família, para o lazer, e para viver.

Se você busca uma renda extra, e não ficará nem um pouco chateado se ela se tornar sua renda principal, esta oportunidade é para você.

Se você não quer viver para trabalhar, mas trabalhar para viver, esta oportunidade é para você.

Se você procura um trabalho em casa, e não quer mais ser obrigado a sair para trabalhar todos os dias, esta oportunidade é para você.

E se ainda tem medo de não dar conta do mundo digital, ou acha muito complicado tudo o que explicamos aqui, podemos garantir que o bicho não é tão feio como se pinta.

Queremos convidar você para conhecer melhor esta oportunidade de começar a trabalhar pela internet em um mercado com pouca concorrência.

Queremos que você saia na frente, e esteja bem no futuro, como nós estamos hoje, desfrutando a vida ao lado da família, amigos, em viagens ou numa casa confortável.

Queremos ajudar você a dar o melhor para seus filhos, para sua família, sem ter que ficar diariamente afastado dela por horas e horas.

Se você quer conhecer o método que já usamos com sucesso, e vem ajudando a centenas de pessoas a montarem suas lojas, sem estoque e sem comprometer seus orçamentos, assista o vídeo que explicaremos melhor

E nos veremos, juntos, na estrada do sucesso.

Artigo publicado em 12/07/2018 e atualizado em 28/09/2018.
Caio Ferreira é especialista em e-commerce, marketing direto e dropshipping. Criou o curso de dropshipping do Brasil mais completo do Brasil - o Negócio em 21 Dias 2.0 - e ajudou milhares de pessoas a mudarem de vida criando suas próprias lojas virtuais na internet sem gastar nenhum centavo comprando estoque de mercadorias.

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here