produtos importados da china

Se você está buscando uma oportunidade de se recriar e trabalhar por conta própria, precisa conhecer a opção de trabalhar com a venda de produtos importados da China para o Brasil.

Este é um nicho de mercado ainda pouco explorado aqui no Brasil, e que pode, com dedicação de sua parte, dar a você a independência financeira que tantos almejam.

Com dedicação, sim, pois esta história de ganhar dinheiro fácil sem nenhum esforço não existe.

As pessoas sonham com oportunidades de juntar o que gostam de fazer ao que é preciso fazer para pagar as contas, ou seja, buscam trabalhar fazendo algo que gostem, e que não lhes roube o tempo precioso com filhos, cônjuge, família, amigos.

Trabalhar com produtos importados da China é ideal, pois você trabalhará com uma loja virtual, de sua casa ou de qualquer outro lugar que possua uma boa internet.

Muitos empreendedores trabalham viajando pelo mundo, ou mesmo em suas casas, em pousadas, na beira da piscina, da praia… onde você quiser!

E nós queremos te mostrar que você também pode!

Comprar da China pela internet não é um bicho de sete cabeças, e vamos te provar isso. Mostrando como trabalhar com produtos importados da China, para revender e lucrar no Brasil.

Veja também por tópicos:

Produtos importados da China X produtos nacionais: a dúvida cruel

produtos para importar

Você pode se perguntar: mas por que não investir nos produtos nacionais? Por que devo comprar da China pela internet?

Compre da China

Por que produtos para revenda no atacado da China é mais vantajoso?

Simples. Porque todos tem acesso a produtos nacionais!

Os produtos nacionais não te diferenciam, nem com uma loja física, nem com uma loja virtual.

A não ser que você atenda a um nicho de clientes muito específico – e que vão pagar caro pelo que você vende – um e-commerce que venda produtos nacionais terá que competir com grandes marcas, que podem oferecer preços competitivos pois tem capital de giro para manter grandes estoques.

Ou seja: se você tem pouco para investir, quebra logo no primeiro ano.

Os produtos importados da China, porém, são diferenciados, não são encontrados em qualquer loja física, e muito menos em qualquer loja virtual.

São várias vantagens para comprar da China pela internet. Os preços são extremamente convidativos, tanto para você revender com lucro, quanto para o consumidor final comprar com economia. Por isso as compras online da China estão crescendo tanto.

Mas onde encontrar produtos importados para revenda no atacado?
Qual o melhor site de compras no exterior?

São várias as lojas da China que entregam no Brasil. Veja abaixo ótimas fontes para comprar da China pela internet.

Lojas da China que entregam no Brasil

Qual melhor site para comprar da China?

Se você está procurando um site de compra da China, algum dos sites chineses de produtos importados acima vai te ajudar.

Mas como faço para importar da China para revender?

Vamos explicar um pouco deste universo agora.

Continue lendo e veja como comprar produtos chineses com o nosso passo a passo.

Passo 1: conhecer o potencial dos produtos importados da China

Os produtos da China

A China produz tudo o que você possa imaginar, para o mundo todo. Com a mão de obra barata, até livros infantis de editoras brasileiras são impressos na China, você sabia?

Se não acredita, procure aonde foi feita a impressão daqueles grandes livros infantis, vendidos baratinho nas Bienais em São Paulo e Rio de Janeiro!

Ainda que hajam importados chineses de baixa qualidade, estes normalmente são falsificações, e não são a regra. Há muitos empresários chineses que trabalham vendendo produtos de qualidade para o exterior, tornando-se parceiros de lojas virtuais que intermediam suas vendas em seus países.

Esta modalidade de comércio virtual chama-se Dropshipping, e precisamos falar dela.

Aqui no Brasil você já deve ter visto anúncios, ou até comprado no Aliexpress, Gearbest ou Wish. Estes são exemplos de Marketplaces, isto é, possuem diversas distribuidoras de produtos importados da china, que trabalham com produtos chineses de qualidade, e que vem conquistando o público brasileiro há algum tempo.

Todos estes Marketplaces trabalham com Dropshipping, e oferecem preços imbatíveis em produtos importados, para os consumidores. Sabe como?

Ao trabalhar com Drop shipping, você não precisa investir na comprar de mercadorias para ter em estoque. Seu investimento inicial (baixo) será para montar uma loja virtual para vender os produtos importados da China.

Mas você intermediará a venda entre o consumidor brasileiro e o fabricante chinês. Quem irá embalar e enviar o produto é o próprio fabricante. Sua loja virtual só facilitará o processo para o consumidor, que não sabe importar – ou não consegue, devido a barreira da língua, desconfiança até encontrar fornecedores, e até receio de pagamento em sites estrangeiros.

Ou seja, com o drop shipping você só vai comprar produtos da China, após realizar a venda dentro da sua loja virtual.

Agora vamos ver sobre os produtos da China para revender.

Passo 2: saber quais produtos importados da China oferecer para seus clientes

Como escolher produtos importados para revenda?

Quando pensamos no que oferecer para clientes numa loja, precisamos primeiro definir o tipo de cliente que queremos que cruze a nossa porta. Num e-commerce é igual. Definir seu público por faixa etária, nível sócio-econômico, sexo, interesses específicos – entre outros fatores-  ajudará bastante.

Comprar produtos da China para revenda

Por exemplo, homens, faixa etária dos 20 aos 35, classe C e B, que gostam de pesca esportiva. Sua loja pode oferecer equipamento de pesca, vender roupas ou chapéus para proteger-se do sol e mosquitos, botas impermeáveis, cadeiras dobráveis para sentar confortavelmente, um cooler para bebidas…  

Ou seja, dentro de um interesse específico, você pode mapear e oferecer tudo o que o cliente precisa para realizar perfeitamente seu sonho.

Você também pode escolher qual produto importado oferecer, definindo se trabalhará com produtos sazonais ou produtos da moda (ou tendência). Por exemplo, no nosso exemplo de e-commerce voltado para artigos de pesca, você pode ter produtos “fixos”, produtos sazonais (casacos impermeáveis para inverno, por exemplo) e produtos tendência (digamos que a tendência do ano é roupas esportiva estilo inglês, e você dedica uma parte de sua loja para oferecer isto também).

Não importa qual tipo de produtos irá ofertar (bijouterias, brinquedos, roupas, acessórios, itens para casa, itens para cozinha, celulares, relógios), ao escolhê-los, pergunte-se: são itens necessários (roupas para calor ou para frio), são itens de desejo de seu público (itens da moda)?

E tenha em mente, que ao fazer uma importação de produtos, poderá haver impostos. Produtos pequenos e leves terão fácil transporte, taxas mais baixas. Estes são alguns parâmetros para escolher produtos importados da China que estarão em sua loja virtual.

Para complementar a sua leitura sobre como comprar produtos importados, recomendamos este artigo do nosso blog:

O que vender na internet: Melhores produtos para lucrar com ecommerce 

Passo 3: entender como funciona a comercialização de produtos importados da China no Brasil

Primeiramente, você precisa saber que estamos falando aqui de um processo legal de comercialização. As leis brasileiras – e internacionais – vem se adaptando à esta forma de comércio, pois seu crescimento surgiu de uma demanda por parte dos consumidores. Governo nenhum barra crescimento econômico; só cria regras para tributar e legalizar.

No caso de um e-commerce do tipo Drop shipping, já existe uma legislação pertinente, e a tributação de impostos adequada. Mesmo que não seja nos primeiros meses de funcionamento de seu e-commerce, logo terá que ter um CNPJ, para pagar imposto como MEI ou Simples.

E isto você só poderá definir depois de alguns meses, de preferência com o auxílio de um contador, que orientará qual tipo de tributação será mais adequado.

Obviamente, os produtos tem uma tributação, já que são importados. Em sua maioria, você poderá embutir o imposto no preço, conhecendo as tributações aplicadas.

Veja mais sobre os tipos de importação neste artigo da Portual – Comércio Internacional.

Passo 4: aprender a selecionar bons fornecedores de produtos importados da China

Para que seu negócio prospere, e você tenha bons produtos importados para revenda, o triângulo loja-fornecedor-cliente tem que estar equilibrado.

Se você montar seu e-commerce numa boa plataforma, de fácil navegação, que oferece modelos de loja personalizados, que disponibiliza formas de pagamento confiáveis, com transparência e um canal de comunicação eficiente com o cliente, seu lado está ok. O cliente, por sua vez, conta com esta infra-estrutura, e quer receber seu produto da China sem problemas.

Por isso comprar produtos importados exige uma boa escolha de fornecedores da China.

Como comprar da China para revender

Por isto, seus fornecedores precisam ser confiáveis:

– Oferecer produtos de qualidade, ou seja, os originais e não falsificações.

– Oferecer suporte ao revendedor (você), caso haja algum problema.

– Fornecedor legalizado para trabalhar com nossa alfândega, pagando os impostos e cumprindo as exigências, e fornecendo notas.

– Cumprir a entrega, em relação de quantidades, prazos e pedido correto.

– Ter boa reputação em diretórios nacionais e internacionais.

Listamos aqui mais dicas para te ajudar a encontrar fornecedores confiáveis para importar com drop shipping.

Desta forma, você estará se prevenindo de futuras dores de cabeça.

Passo 5: quase escolhido seu fornecedor? Pergunte como ele trabalha

Escolhido seu fornecedor, você precisa conhecer detalhes de como ele trabalha.

  • Pergunte se existe uma quantidade mínima para fazer pedidos, e qual é o procedimento para isto;
  • Veja se existem preços diferentes entre atacado e varejo;
  • Converse sobre o prazo de entrega dos produtos, para poder deixar claro para seus clientes em usa loja virtual.

Também se informe sobre política de troca, reembolso (caso não haja mais o produto solicitado, por exemplo) e como procedem os pagamentos.

Desta forma, você poderá se programar para fazer pedidos com melhor preço, e repassar para os clientes prazos de entrega e políticas sobre troca ou reembolso, trabalhando com transparência.

Passo 6: escolher boas plataformas para criar sua loja virtual de importação de produtos

Qual o melhor site de compras da China?

Trabalhando com seus produtos importados da China, seu maior investimento será para criar uma boa loja virtual. Se quiser conhecer um site de compra da China que trabalha desta forma, pode ver os sites da AliExpress, Wish, e outras, para tomar como base.

Utilize nosso guia passo a passo de como fazer drop shipping com o AliExpress.

Há plataformas que já trabalham integradas com os fornecedores de produtos importados da China, o que podem facilitar muito o seu trabalho.

A plataforma Shopify é uma delas. Mas se você quiser saber mais sobre as melhores plataformas, leia este artigo: melhor site para criar loja virtual. Podemos te adiantar que o investimento é baixo, se avaliarmos o resultado que pode te trazer.

Passo 7: entender como usar as redes sociais para divulgar seu e-commerce

divulgar produtos importados nas redes sociais

A internet é um território imenso, e, no caso do Brasil, pedindo para ser explorado. Ainda que estejamos bem atrasados no que tange ao e-commerce, em relação a outros países, ainda assim contamos com recursos valiosos para divulgarmos nosso site de vendas – e não estamos falando só de blogs, ou Google Adwords.

Estamos falando das redes sociais. O Facebook e o Instagram, que trabalham juntos, são duas plataformas perfeitas para servirem de vitrine para os produtos, e fazerem  ligação entre você e seus potenciais clientes.

O Facebook  tem a opção de criar uma Fanpage, com o mesmo nome de sua loja virtual. Além de ser gratuita, sua fanpage tem ferramentas de gerenciamento, te ensina a fazer posts de vários formatos atrativos, pode ser integrada com o Instagram (você faz um só post, que aparecerá, automaticamente, também em sua fanpage do Facebook), oferece a opção de integrar uma loja na própria página, ou remeter o cliente para seu site, na hora da compra.

Além disso, o Messenger é um ótimo canal de comunicação com seus clientes, e o Facebook, hoje disponibiliza ferramentas para aprimorar seu negócio. Você também pode fazer posts patrocinados (pagos), para alcançar seu nicho de clientes.

Uma vantagem de usar as redes sociais para divulgar seu negócio, é que os seus próprios clientes irão replicar seus posts, e chamar amigos para curtirem a página, ou verem seus produtos.

Ou seja, apesar do Facebook ter a opção de anúncios pagos, se você  investir na comunicação dentro dos posts, criará uma comunidade de clientes fiéis, que te ajudarão a divulgar sua loja virtual.

Portanto, é possível sim ganhar dinheiro no Instagram, Facebook e outras redes sociais, se você souber usá-las da melhor forma para vender mais em sua loja virtual.

Aqui no blog, você encontra uma categoria repleta de artigos completos, com passo a passo para te ajudar a aumentar o tráfego da sua loja e divulgar o seu negócio.

Comprar produtos importados da China para lucrar no Brasil: será que é para mim mesmo?

Comprar na China para revender, é possível para você?

Se você leu estes sete passos, deve estar se imaginando se consegue dar conta de fazer tudo isto.

É natural que a gente duvide de algo que não conhece, e mais natural ainda querer permanecer fazendo o que sempre fez.

Mas, dizem os entendidos, que se o que você sempre fez não te trouxe bons resultados até agora, é bem provável que continue assim para o futuro. Se você não muda os processos, não muda os resultados.

Por outro lado, seria muita falta de responsabilidade da nossa parte dizer que, saindo às cegas, sem entender nada do assunto, você só pode se dar bem.

Sabemos disso, pois trabalhar nesta área sem a direção correta, pode levá-lo(a) a cometer muitos erros, até que você aprenda a trabalhar com drop shipping de maneira organizada, prática, segura e lucrativa.

Por isso existem atalhos, como o método criado pelo Caio Ferreira para trabalhar com produtos importados para revenda, que vem nos trazendo resultados há anos, depois de muitos erros e acertos.

Se você quer mesmo se reinventar como empreendedor virtual, sem investir em estoque, e criar um negócio altamente escalável, dentro de sua casa, compartilhando do dia a dia de sua família, te convido a conhecer mais profundamente sobre o Drop shipping nesta vídeo aula gratuita.

Queremos te apresentar a nossa técnica, comprovada por vários alunos, onde você pode montar seu negócio em apenas 21 dias, mesmo que conheça pouco ou quase nada deste universo virtual.

Venha conhecer como trabalhar neste nicho novo e promissor, sem “bater cabeça”, assistindo a esta vídeo aula gratuita.

Artigo publicado no dia 21/06/2018 com última atualização em 06/12/2018.

Faz parte da equipe de conteúdo da Empreenda Ecommerce. A curiosidade a fez “especialista em assuntos aleatórios” – sabe de tudo um pouco, pois ela não para de estudar novos assuntos. Escreve desde os nove anos de idade e hoje se orgulha dos vários livros publicados.
  • eu conherço no rio muito amigo k tem lojas compra roupa como short. estampados blusas bermudas todos tipos de roupas k ser um revendedor como faço. obrigado