produtos mais vendidos na internet

Atualmente a internet nos proporciona praticamente tudo, desde entretenimento até mesmo novas formas de trabalho.

Hoje, os negócios online compõem uma grande parte da economia nacional, sendo que qualquer um consegue criar o seu negócio dentro de casa.

Quando falamos sobre criar uma loja virtual, vários aspectos precisam ser  considerados.

Para ser  um empreendedor de sucesso, você precisa conhecer sobre o e-commerce no Brasil, conhecer os produtos que estão vendendo bem, fazer pesquisas de tendências de mercado, etc.

Sabendo disso, montamos esse artigo para te ajudar com tudo que foi mencionado acima. Assim você pode descobrir mais sobre tendências nacionais e se orientar a partir desse conhecimento.

Confira abaixo os benefícios de ser um empreendedor, os dados de crescimento do e-commerce no país, dicas dos produtos mais vendidos na internet e muito mais!

Veja o conteúdo também em tópicos:

Benefícios do Empreendedorismo

É claro que existem aquelas pessoas que nascem com o espírito empreendedor, mas a grande maioria dos maiores empresários o adquiriram ao longo da vida.

Aliás, você sabia que o espírito empreendedor surgiu em muitos deles após uma demissão?

Não existe nada como um contratempo para fazer você se reinventar. Enxergar novos horizontes, novas formas de se trabalhar e ganhar dinheiro.

Desenvolver o seu espírito empreendedor pode mudar toda a sua vida.

Ao ser um empreendedor você tem a chance de trabalhar com o que realmente gosta. Trabalhar em seu próprio negócio faz você levantar da cama motivado, pronto para criar o seu sucesso. Sem trabalhar para ninguém.

Inclusive essa é outra grande vantagem de ser um empreendedor: não ter que trabalhar para ninguém.

Você é o seu próprio chefe, atua de acordo as suas ordens, faz seus horários, trabalha no seu ritmo e não perde a sua vida trabalhando pelo sonho de outra pessoa.

Criar seu próprio negócio está cada vez mais fácil, principalmente os negócios online.

As facilidades e os dados impressionantes tornam o e-commerce uma ótima saídapara quem quer ter uma vida confortável, atingir a independência financeira e viver das próprias decisões.

Isso despertou seu interesse? Continue lendo e descubra mais!

Crescimento do e-commerce no Brasil

e-commerce

De acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOmm) o e-commerce, que em português significa comércio digital, é um dos setores que tem mais crescimento na economia nacional.

O e-commerce no Brasil tinha um faturamento de 18,5 bilhões de reais em 2011. Este número subiu para 60 bilhões em 2017. Você consegue imaginar o faturamento de 60 bilhões em um só segmento?

Com a facilidade do acesso à internet no país, esse número tende a aumentar cada vez mais. A previsão da ABCOmm é de que o e-commerce cresça 15% em 2018, chegando na casa dos 220 milhões de pedidos e faturando R$ 69 bilhões.

Diante desses números, imaginamos que esse resultado se deve à presença de grandes empresas no setor. Mas as lojas virtuais de pequeno e médio porte que são responsáveis por grande parte disso, conforme analisado na reportagem da revista Exame.

A importância de saber quais são os produtos mais vendidos na internet e pesquisas de tendência de mercado

Sabendo do sucesso do e-commerce, uma das melhores oportunidades para ter um negócio próprio é criar uma loja virtual.

Mas criar um negócio envolve planejamento, investimentos inteligentes e conscientes.

É preciso saber o que irá ser comercializado, considerando a base de circulação de mercadorias no país e o que está sendo vendido nas lojas dos concorrentes.

Por vezes você tem a ideia de vender um determinado produto, mas após pesquisas, vê que muitas lojas já vendem essa mercadoria. Sendo assim, a pesquisa antes e durante do seu processo de venda é fundamental.

Procure o máximo de informações possíveis sobre o que você vende ou vai vender.

Acesse lojas concorrentes, analise os preços delas e verifique se o seu preço está dentro da média.

Você também pode fazer pesquisas no Google Trends, ferramenta do Google que mostra os status das pesquisas feitas no site.

Se você vende um produto, analise as informações que o Google pode te passar sobre ele.

Com uma rápida pesquisa no Google Trends você descobre quais regiões mais pesquisam por aquele produto e termos relacionados, além de conhecer qual a real popularidade do mesmo, já que os resultados da plataforma vêm de pesquisas feitas por usuários.

Ao fazer essa pesquisa de tendências de mercado você tem uma base para guiar os investimentos da sua loja.

Sabendo o que mais foi vendido no ano anterior, você consegue se programar para o próximo e considerar o mercado em sua estratégia futura.

Tudo isso visa te ajudar a fazer investimentos seguros.

Afinal, com o conhecimento de mercado ideal, você consegue direcionar os seus esforços e se aproximar do sucesso.

No entanto, um dos fatores que mais prejudica quem cria uma loja virtual é fazer um investimento alto demais em estoque e não ter o retorno ideal.

Mesmo com pesquisas de tendências, o mercado muda e seu produto pode ficar obsoleto.

Caso você não trabalhe com drop shipping, esse risco é muito real, portanto todo cuidado é necessário.

Aposto que você ficou curioso sobre o que é drop shipping, não é verdade?

Este é um modelo de negócio que vem sendo utilizado para quem busca montar lojas virtuais sem investimentos em estoque.

Continue lendo, que no final deste artigo te explico mais sobre o drop shipping.

produtos mais vendidos

Quais são os produtos mais vendidos na internet?

Confira agora os 8 produtos mais vendidos na internet que separamos.

  1. Vestuário
  2. Calçados
  3. Produtos Fitness
  4. Acessórios
  5. Cosméticos
  6. Cursos online
  7. Livros
  8. Eletrônicos

É importante frisar que essa lista não segue nenhum critério de ordem, então não quer dizer que os primeiros mencionados são mais ou menos vendidos dentre os outros.

Confira cada item da lista em detalhes abaixo.

1. Vestuário

O ramo de vestuário nunca sai de moda.

Essa indústria faz parte do nosso cotidiano e ainda consegue ser o objeto de desejo de consumo de grande parte da população.

Antigamente as peças de vestuário eram compradas diretamente nas lojas, já hoje a compra pode ser facilitada pela internet.

O grande problema é a questão do tamanho, uma vez que experimentar a peça antes de comprar é sempre recomendado.

Porém, as lojas de artigos de vestuário contornaram essa situação colocando todas as medidas da peça na descrição do produto.

Assim o cliente sabe exatamente as dimensões da peça que compra e pode fazer o pedido com a segurança de que vai servir.

Sendo assim, o ramo de vestuário se consolidou na venda dos produtos na internet. Temos o exemplo de lojas como a Kanui e Dafiti, que investem pesado nesse ramo e hoje são um dos maiores portais de vendas do país.

O AliExpress, inclusive, se mostra como um grande portal de roupas online. Lá é possível encontrar modelos diferenciados com um ótimo custo-benefício para compra e venda.

2. Calçados

Assim como o ramo de vestuário, o ramo de calçados vem sendo um dos grandes setores de compra na internet.

Sites como o Netshoes, especializados no produto, vem surgindo e conquistando a confiança e gosto do público.

A venda de calçados na internet já é bastante popular, principalmente pelas promoções praticadas.

Existem lojas onde é possível comprar 3 pares de sapatos por menos de R$ 120,00, o que é bastante difícil de se ver em lojas físicas.

A venda online de sapatos trouxe modelos que não eram encontrados nas lojas brasileiras. Modelos exclusivos que eram vendidos apenas fora do Brasil hoje são encontrados na internet.

3. Produtos Fitness

O ramo fitness movimenta uma parcela de negócios muito ampla, variando desde os calçados até mesmo à alimentação.

A crescente preocupação com o corpo fez crescer esse mercado, que hoje conta com excelentes resultados.

4. Acessórios

Aqui nos referimos a brincos, relógios, pulseiras, óculos e etc. O segmento de moda é responsável por grande parte das vendas pela internet, estando inclusos os acessórios.

São produtos que são comprados constantemente e sempre visados quando a tendência do mercado muda.

Quantas mulheres que você conhece têm apenas um brinco?

Difícil imaginar, não é?

É um setor atrativo, em que as lojas virtuais conseguem apresentar novidades que demoram para serem encontradas facilmente em lojas físicas, ganhando vantagem e faturando muito!

5. Cosméticos

Hoje podemos dizer que as pessoas consomem muitos mais produtos relacionados à própria aparência.

E não nos restringimos apenas às mulheres, já que estamos presenciando o surgimento da indústria de cosméticos masculinos também.

O setor de cosméticos vem crescendo cada vez mais no Brasil, principalmente com o impacto de influenciadores digitais.

A venda de cosméticos online aparece como solução para muitas pessoas que desejam adquirir os produtos e não os encontram na sua cidade, se tornando então um mercado que excelentes resultados e atrativo para novas lojas virtuais.

É importante destacar que deve-se ficar atento à legislação em caso de importações de alguns itens de cosméticos, já que existem taxas que devem ser pagas para regulamentar.

6. Cursos online

Se engana quem acha que só produtos físicos são vendidos online.

Saiba que os cursos online são um dos produtos mais vendidos na internet, visto que vivemos na era da informação e o conhecimento é muito procurado e valorizado.

A internet nos trouxe comodidades nunca antes imaginadas.

Hoje você pode comprar praticamente tudo online e o ensino não ficou para trás.

Existem faculdades focadas totalmente em ensino à distância e vários sites que vendem cursos acessíveis para quem quer se aperfeiçoar, tanto pessoalmente como profissionalmente.

Você possui alguma habilidade especial? Um conhecimento que poucos tem, mas pagariam para aprender?

Por que não criar um curso online?

Assim você pode compartilhar o que sabe, ensinar outras pessoas e faturar um bom dinheiro com isso.

É possível trabalhar com e-books (livros digitais), videoaulas, área de membros e etc.

A opção de trabalhar com cursos online permite abrir um negócio montado em casa, altamente rentável e que tem um espaço muito grande para funcionários qualificados que estão desempregados.

7. Livros

Você provavelmente já ouviu falar na Amazon, a gigante em vendas online, estou certo?

Você acreditaria se te disséssemos que o carro chefe da empresa é a venda de livros? Isso mesmo, os livros são um dos produtos mais vendidos na internet.

Se você frequenta as livrarias de sua cidade, sabe o quanto é frustrante ir comprar um livro e descobrir ele ainda não chegou.

Por isso empresas como a Amazon e Submarino fazem tanto sucesso.

Disponibilizando todo o tipo de livros que você pode imaginar, desde livros acadêmicos a literatura infantil, eles abarcam um imenso público e vendem muito.

8. Eletrônicos

A categoria de eletrônicos serve como resumo das vendas relacionadas a informática, eletrodomésticos, celulares, games e etc.

Novamente a internet nos traz a possibilidade de encontrarmos todo o tipo de produto que podemos imaginar.

Hoje já temos a venda de produtos que eram comprados apenas no exterior, além de sites estrangeiros que fazem entrega no Brasil.

O que não era possível para o comprador brasileiro, já que muitos sites não faziam entregas aqui, agora é realidade.

Por isso, os eletrônicos são um dos produtos mais vendidos na internet. Uma categoria muito vasta e com imensa diversidade de produtos.

Como montar um e-commerce sem investimento em estoque?

Mesmo com pesquisas de tendência e conhecendo os produtos que mais vendem na internet, o mercado muda constantemente e produtos podem ficar obsoletos.

Por isso, um dos fatores que mais prejudica quem cria uma loja virtual é fazer um investimento alto demais em estoque e não ter o retorno ideal, ou então ficar com muitos produtos parados.

Isso afeta diretamente a saúde do negócio, podendo inclusive ser decisivo para seu encerramento.

Existe, por outro lado, um modelo de negócio em que você e sua loja não correm esse risco.

E, além disso, não precisa se preocupar tanto inicialmente com a escolha do produto certo.

Ele se chama drop shipping.

Com esse método a sua loja virtual é uma simples vitrine de produtos de um fornecedor.

Ou seja, você pode trocar de produtos, se adequar às tendências, e não tem absolutamente nenhum custo por isso.

O produto somente é comprado quando o cliente efetua, de fato, a compra. O fornecedor, então, envia o produto diretamente pro cliente.

Assim você pode aproveitar os movimentos do mercado, faturar muito com novas modas e se adequar aos gostos do público alvo.

Você se lembra da febre que foram os fidgets spinners?

Agora eles caíram no esquecimento, certo? Quem construiu um estoque imenso deste produto certamente perdeu dinheiro.

Mas as lojas drop shipping conseguiram faturar muito com essa onda! Enquanto as pessoas queriam, vendiam. Quando a moda passou, simplesmente pararam de vender e não perderam nada com isso.

Você não precisa realizar grandes investimentos, não precisa se preocupar com fatores relacionados à gestão de estoque e envio e pode desfrutar da vida de empreendedor.

O drop shipping, portanto, é o modelo de negócio ideal para quem quer abrir seu próprio negócio sem ter que lidar com riscos e dor de cabeça.

Se interessou pelo assunto?

Te convidamos a assistir a este vídeo, onde você vai conhecer tudo sobre o drop shipping e como você pode aplicá-lo para mudar sua vida com o maior especialista do assunto no país.

Clique aqui para assistir!

  • Otimo, conteudo.

    Gostaria de saber tbm de fornecedores para dropshipping no Brasil. Fornecedores dentro do Brasil. Obrigada!

  • gostaria de saber com mais calma tudo que foi falado em vídeo ,fiquei tentada pelas idéias.
    ainda não fiz minha inscrição pois estava já de saída. farei contato pelo número enviádo