ideias de produtos para vender

Quando iniciamos uma loja virtual, nosso próprio negócio online, nem sempre temos um projeto pronto e definido, e por isso nos deparamos com falta ou excesso de ideias de produtos para vender.

Temos falta de ideias quando nossa loja virtual é um plano B, uma opção para um momento de desemprego, sumiço de clientes (se você for um autônomo, por exemplo), ou mesmo para melhorar a renda em casa.

Neste caso, é a primeira vez que se está pensando na possibilidade, e talvez a pessoa não consiga vislumbrar mesmo o que vender.

Mas quando a pessoa já pensa em empreender, ou tem algum sonho engavetado neste sentido, talvez o problema seja o excesso de ideias de produtos.

Neste caso, lembrando sempre que menos é mais, é preciso selecionar e filtrar o que será melhor para a loja virtual.

Em ambos os casos, existem alguns parâmetros básicos para se escolher produtos para vender em sua loja virtual e ter sucesso com suas vendas. Existem também ferramentas super úteis para que você consiga inspirações para os produtos e a temática de sua loja virtual.

Quando procuramos por ideias de produtos, precisamos buscar:

  • Produtos atuais, ou sazonais: a famosa “moda” ou “febre do momento”. Pode levar a um pico de vendas, ainda que por período curto de tempo.
  • Produtos de qualidade: produtos que escapam da sazonalidade e são carro chefe de vendas. Quem conhece ama, indica, e muita gente compra.
  • Produtos lucrativos: produtos que dão lucro para sua loja porque vendem em grande quantidade. Mesmo que sua margem de lucro seja pequena, vale a pena tê-los na loja e podem servir também como chamariz para clientes conhecerem seu espaço virtual.

Mas como descobrir quais são os produtos com mais procura, atuais, de qualidade ou lucrativos?

Não se preocupe. A internet oferece várias ferramentas que vão ajudar um novo empreendedor a ter ideias sobre produtos para colocar em sua vitrine virtual.

Então continue conosco para saber como encontrar ideias de produtos para vender.

Você também pode utilizar os atalhos abaixo:

Como escolher meus produtos para a loja virtual?

Olhando a partir do que você conhece.

Em primeiro lugar, olhe ao seu redor e para si mesmo. Preste atenção em seu gosto pessoal, de seus familiares e amigos.

Você irá encontrar pessoas que colecionam diversas coisas; que são fãs de histórias, séries, etc; que têm necessidades de momento (brinquedos infantis para crianças pequenas, roupas de grávida, itens de segurança para bebês, por exemplo); que adoram determinados produtos (utensílios de cozinha, enfeites para casa, maquiagem, sapato, relógio, adereços etc).

Tudo isto pode ser fonte de inspiração para sua loja virtual.

Outro fator a se considerar, se você é marinheiro de primeira viagem: facilite sua vida e trabalhe com produtos que conheça, pelo menos um pouco.

Veja algumas ideias de produtos para vender

Por exemplo, se você é pai ou mãe, sabe das necessidades de ter um ambiente seguro para bebês e crianças pequenas. Também sabe que brinquedos coloridos, educativos e seguros são importantes, pois já comprou e pesquisou muito.

Esta é uma ideia de loja virtual.

Outro exemplo: se você é jovem e curte algum gênero de filme, arte, coleciona itens, tem camisetas e livros sobre o assunto. Esta é outra ideia de loja virtual.

No primeiro exemplo, a procura é maior porque sempre teremos bebês e crianças no mundo. Mas também sabemos que há muitas lojas que já oferecem produtos semelhantes, portanto a concorrência é maior.

No segundo exemplo, a loja atenderá a um nicho específico de consumidores. Ainda que o número de consumidores seja menor, a concorrência também será.

Se trabalhar bem na busca de clientes, com a ajuda de anúncios voltados para seu público alvo no Instagram e Facebook, você pode se destacar pela especificidade.

Portanto, partir do que já está ao seu redor e no “seu mundo” é interessante e facilita seu trabalho.

Faça uma lista com todas as ideias que lhe vier à cabeça. Neste momento não se preocupe em filtrar nada. Isto será feito mais adiante.

Olhando a partir do que você vê nas mídias

Em segundo lugar, é preciso também estar atento ao que o público vem buscando, e que pode trazer retorno mais imediato. Mesmo que você não entenda nada do assunto, a internet está aí para isso.

Por exemplo, mesmo que você não seja uma mulher, ou não entenda de acessórios femininos, pode buscar as tendências da estação e da moda para sua loja virtual. Serão opções pontuais, sazonais, mas de retorno rápido.

Da mesma forma, se quiser trabalhar com um nicho específico: mulheres, crianças, roupas esportivas, moda masculina, e tantos outros, você pode e deve buscar as tendências e deve equilibrá-las com produtos de busca frequente.

Novamente, anote tudo o que lhe vier à cabeça, pois o próximo passo é usar algumas ferramentas para filtrar o que será interessante para sua loja ou não.

Filtrando ideias de produtos para vender na internet

Com sua lista de ideias de produtos em mãos, está na hora de procurar na internet informações sobre a popularidade na procura destes produtos. Desta forma, poderá escolher o que irá compor a sua vitrine virtual.

Existem vários sites e ferramentas que podem ser utilizados. Para todos eles, você terá que utilizar o que chamamos, no marketing digital, de “palavra-chave” para fazer sua pesquisa.

O que é palavra-chave? É uma palavra ou conjunto de palavras que descreve o assunto, produto, coisa que você quer procurar.

Por exemplo, “brinquedos infantis 0 a 3 anos”. “chaveiro Harry Potter”, “Star Wars”, “moda jovem feminina 2018”.

Quanto mais específica, melhor será o filtro para sua pesquisa.

Vamos começar falando sobre ferramentas que estão ao seu alcance, para começar já, e depois falaremos de outras mais específicas.

Instagram como fonte de ideias de produtos para vender

O Instagram é uma rede social em ascensão, muito visual, e que tem sido utilizada também para fazer negócios e ganhar dinheiro na internet.

Uma das formas que os usuários têm para trazer visualizações para seus posts é usar “hashtags” (#) com palavras-chave.

Digamos que você tenha uma ideia de loja virtual com artigos para animais e queira ver no Instagram se este assunto tem procura, como são os posts, etc.

Você pode digitar “#pets”, e saberá imediatamente qual é a procura pelo assunto (nos números abaixo da palavra-chave), e outras hashtags relacionadas. Na lista abaixo, você poderia clicar em #petshop e #petstylist para pesquisar os posts e ver tendências de produtos, interesse de público.

ideias de produtos para vender no instagram

Caso você queira fazer uma busca genérica, por não ter ainda ideia do que colocará em sua loja, a sugestão é utilizar hashtags de desejo, compra, moda.

Veja o exemplo abaixo, onde digitamos #comprar e clicamos para ver os posts.

ideias de produtos para vender roupas

Veja que você tem mais de 3 milhões de posts para pesquisar e encontrar ideias de produtos para vender. Esta é, portanto, uma forma acessível e rápida de buscar inspiração.

Lojas tradicionais como inspiração

Qual é o brinquedo do momento?
Qual é a cor da estação?
Quais são as bijuterias e acessórios que estão vendendo muito agora?
Que roupa de ginástica virou febre?

Todas essas perguntas você consegue responder dando uma passeada no Shopping ou na rua principal de sua cidade, olhando as lojas. Se vende na loja tradicional, com certeza venderá na virtual, ainda mais se o preço for convidativo.

Normalmente o que verá retratado são tendências que vão durar pouco tempo, como o brinco da novela das 8, o brinquedo que sai na propaganda de 5 em 5 minutos.

Mas dá para fazer dinheiro com estes produtos muito procurados e ter também produtos clássicos do nicho a que se dedicar, contrabalançando sua vitrine virtual.

Inovação e produtos de nicho para se destacar

Quem nunca se arrepiou vendo um canhoto abrir uma lata de conserva, não saberá a importância que tem para esta parcela da população produtos feitos só para eles. Tesouras e abridores de lata são só alguns exemplos. Imagine o sucesso que uma loja virtual assim pode fazer.

Neste caso, pense em atender uma necessidade que um certo grupo de pessoas tem, mas não foi sanada. Outros exemplos: babadores infantis e aventais com fundo plástico, para não molharem a roupa de baixo, ou fraldas de adulto que não marquem a roupa e tenham alta absorção.

Não tem ideias? Que tal digitar no mecanismo de buscado Google: “produtos originais em alta”,  “produtos para canhotos”, “produtos essenciais para (mamães, bebês, idosos etc), “pés pequenos”?

Verifique o número de resultados (quantas vezes o assunto foi procurado), e tenha ideia da importância ou não de desenvolver este nicho de mercado.

Dentro das próprias plataformas de vendas online, como a gigante Amazon, eBay ou AliExpress também é possível buscar pela categoria “produtos populares” e ter uma ideia de produtos que são os queridinhos do público.

[Guia Completo] Como fazer drop shipping no AliExpress na prática

Se você quiser saber mais sobre o nicho que está prestes a escolher, aprofunde a pesquisa com outras ferramentas, como as que mostraremos abaixo.

Ferramentas para te ajudar a encontrar ideias de produtos para vender

ideias de produtos para vender no google trends

Google Trends

O Google Trends é uma ferramenta gratuita, que serve muito bem para encontrar tendências de mercado, moda e muito mais, utilizando as palavras-chave que definam sua ideia de negócio.

Ao entrar na página do Google Trends, você verá os temas do momento em sua tela. E se quiser pesquisar sobre a popularidade e relevância de sua ideia de produtos, é só digitar em “explorar tópicos” e ver os resultados.

Aqui, por exemplo, colocamos “moda” e especificamos “Brasil”, nos últimos 12 meses.

ideias de produtos para vender google trends

Como resultado, vimos que o interesse está sempre em alta, entre 75 e 100%.

Você poderá refinar a pesquisa, com palavras chave mais específicas (feminina, infantil, praia, hippie, etc), mas, por esta simples amostra, pode ver que este é um nicho que sempre terá procura.

No Google Trends você pode escolher país, região, período de tempo, etc, para verificar a popularidade ou relevância da procura por determinado nicho, produto, ideia, além de procuras relacionadas.

Veja o mesmo termo “moda”, o que resultou de consultas relacionadas.

Buscando as tendências mais a fundo

Outras fontes de ideias são publicações de empresas independentes, que mostram tendências de consumo mundial. Uma delas é a Trend Watching.

A Springwise também é uma empresa que busca novas ideias e tendências, através de boletins periódicos e gratuitos. O site, porém, é em inglês.

A Trend Hunter, é referência mundial entre este tipo de empresa, e, apesar de estar em inglês, o site é bem intuitivo.

Existem sites como o Pinterest e Fancy aonde você poderá buscar pela “categoria popular”, e descobrir o que está em alta e vale a pena investir para sua loja virtual.

Outros sites voltados para descoberta de tendências e que valem a pena ser pesquisados são: Firebox, HiConsumption, Uncrate, Outblush, Cool Material, entre outros.

ideias de produtos para vender na internet

Se todos estes sites e nomes já te assustam, calma. Ter ideias de produtos é necessário, mas você pode ter a chance de errar e consertar.

Errar é humano, e poder consertá-lo, é divino.

Você quer ou precisa começar sua loja virtual “para ontem” e tomou um susto com a lista de tarefas a cumprir para ter uma lista inicial de produtos?

Isto aconteceu porque, provavelmente, você está pensando que precisará comprar e estocar produtos, e isto significará gasto de dinheiro e possibilidade de prejuízo – quando você não pode se dar a este luxo.

Dentro dos tipos de loja virtual, há aquelas que são somente uma vitrine para o que o comerciante já tem em sua loja física, e há outro tipo, para quem não tem um loja física.

Para quem não tem loja física, existe uma modalidade de negócio, chamada Drop shipping, aonde sua loja virtual servirá como uma vitrine para produtos estrangeiros ou nacionais.

Você será parceiro dos fabricantes e fornecedores, e com seu site em português, muitas pessoas poderão ter acesso a produtos de qualidade, mas que normalmente não teriam como comprar, em sites estrangeiros.

No Drop shipping você pode iniciar seu negócio com baixo investimento e sem fazer estoque. Como sua loja é uma vitrine, mas você não compra os produtos, se escolher um produto “azarão”, poderá tirá-lo do site e substituir por outro sem qualquer custo.

A procura de inspiração é necessária, sim. Mas você pode errar na escolha, sem ter que amargar com um prejuízo.

Se esta possibilidade lhe agrada, convidamos você para assistir um vídeo que explica melhor como montar sua loja virtual, no modelo drop shipping, podendo empreender desde já, sem preocupações extras, além de fazer seu negócio expandir.

  • Excelente postagem sobre o Negócio em 21 Dias, muito esclarecedor e motivador. Uma verdadeira aula de como fazer a coisa certa! Parabéns Caio!!!