Digital Influencers

Se você já tem um e-commerce e busca alternativas inteligentes de divulgar seu negócio ou produto, mas não é fã de redes sociais, talvez precise saber mais sobre o que é um digital influencer – ou em bom português, um influenciador digital.

Nas redes sociais, como Facebook, Instagram, Youtube, Twitter, Blogs, Vlogs e Snapchat, encontramos pessoas que tem milhares de seguidores, fãs e até haters (pessoas que as odeiam, mas não deixam de seguir, acredite!).

Como na vida e no marketing, “Fale bem, fale mal, mas fale de mim” é a frase de cabeceira de quem quer ser popular. Sejam fãs ou sejam haters, essas pessoas são atraídas pela personalidade e comportamento do Digital Infuencer.

Mas o que é um digital influencer mesmo? Continue conosco, pois neste artigo vamos explicar quem são e porque você precisa utilizar este potencial de divulgação em seu negócio.

Você também pode acompanhar o conteúdo utilizando os atalhos abaixo:

Digital Influencers: quem são, como vivem, o que fazem?

Digital influencers são pessoas que influenciam um largo número de seguidores, mostrando seu dia a dia, em tempo real, ou produzindo conteúdo nas redes sociais. Com este tipo de atividade, criam uma conexão tão íntima com seu público que este os sente como amigos próximos.

Pense aí, você aceita conselhos de amigos próximos ou de estranhos? Você quer ser igual a alguém que conhece e admira ou a alguém que é completamente desconhecido?

Normalmente queremos ser como quem admiramos e aceitamos conselhos verdadeiros de quem gostamos.

Quando estes digital influencers expõem sua vida, seus seguidores querem saber o que vestem, o que comem, onde vão, que produtos usam em pele e cabelos, e muito mais.

É aí que eles são contratados para usar e divulgar produtos, marcas entre outros, de forma sutil – e às vezes nem tanto – combinando um cachê ou permutas que lhes interessem.

Se você pensar bem, nós divulgamos diariamente o que comemos e gostamos, vestimos e nos sentimos bonitos ou confortáveis, usamos no corpo e nos faz bem. Como não temos milhares de seguidores, só influenciamos as pessoas próximas, e não ganhamos nada para isso.

Digital Influencers fazem disso uma profissão. Portanto, você pode buscar este tipo de serviço para divulgar seu e-commerce, sem medo.

Digital Influencer é algo sério mesmo?

Ser um influenciador digital é algo tão sério que existe até um ranking mundial sobre isso.

Como são produtores de conteúdo digital, plataformas como o Google, Youtube e outras computam quem tem maior número de seguidores.

Digital Influencers 2018

Aqui no Brasil, segundo a Folha de São Paulo (Reportagem de 13/07/2018), somos o segundo país do mundo em tempo de visualização de vídeos na internet. Se tem tanta gente vendo, obviamente que existe a oportunidade real de encontrar o seu mercado consumidor dentro destes seguidores.

No ranking dos 100 canais do Youtube mais influentes do mundo, 24 são brasileiros. O segundo lugar pertence a Winderson Nunes, e o terceiro, à Felipe Neto.

Winderson Nunes tem mais de 14,7 milhões de inscritos em seu canal de humor. Filma com seu celular, de maneira simples, descontraída, engraçada, e é isto que atrai tanta gente.

Felipe Neto tem um público pré adolescente – atualmente – e filma em sua casa, sozinho ou com amigos youtubers. Para aumentar o número de seguidores, por exemplo, prometia que ia pintar o cabelo de verde, cor de rosa, azul, para cada nova etapa. A meninada se inscrevia, alucinada para ver a promessa cumprida.

Os maiores digital influencers do Brasil acabaram de ser premiados, pelo Prêmio Influenciadores Digitais 2018.

Obviamente estes cobram cachês milionários para fazer um jabá, mas a realidade a realidade é que há muitos digital influencers em ascensão esperando empresários que os contratem.

Digital Influencers no Instagram

No Instagram, por exemplo, você consegue encontrar influenciadores digitais que correspondem ao seu nicho de clientes e que podem fazer uma propaganda muito mais direcionada do que com campanha paga, por exemplo.

Com a popularização dos Smartphones, os usuários de redes sociais aumentou exponencialmente. As pessoas passam mais tempo vendo a tela do celular do que uma televisão, e por este motivo faz todo sentido utilizar-se destas plataformas para divulgar seu negócio, marca ou produto.

O poder do Digital Influencer: credibilidade e confiança

como vender pelo instagram com influenciadores

Influenciadores como Kéfera e PC Siqueira foram criados nas plataformas digitais e, com a fama, estão presentes em todas elas. Dialogam com seus seguidores como o fazem com um amigo de longa data, compartilhando fatos corriqueiros, sentimentos, pensamentos e ações no dia a dia.

Como já dissemos, esta forma de agir traz uma identificação, e seus seguidores confiam no que dizem, acreditam no que fazem, e tentam reproduzir atitudes, gostos e posturas de seus ídolos.

Mesmo parecendo assustador, este é um trunfo para quem precisa falar diretamente com seu público.

Se você tem um e-commerce de games e afins, por exemplo, buscar um digital influencer que tenha um público que ama este tema é um atalho para seu sucesso.

Este mesmo raciocínio vale para um ecommerce de roupas, acessórios, e muito mais. Uma blogueira que fale de moda para mulheres maduras e outra que fale de acessórios originais para jovens tem dois públicos diferentes.

Veja qual é seu público e escolha personalidades influencers que possam ajudar a escalar seu negócio.

Veja abaixo como pode começar a escolher.

Como escolher um Digital Influencer

influenciadores digitais

Hashtags, imagens, montagens e jabá.

Já percebeu que, hoje, nos posts de Instagram ou Facebook muita gente usa a Hashtag (#)?

Isto tem um motivo: a hashtag é rastreável, e é possível encontrar outras pessoas que tenham o mesmo interesse  através delas.

Os Digital Influencers a usam para “tagear” as marcas que está usando ou consumindo.

Desta foram seus seguidores tem sua curiosidade naturalmente saciada, e buscam saber mais destas marcas – e as consomem!

Uma foto com o produto discretamente sobre a mesa, um vídeo comendo algum produto, uma produção para mostrar a roupa, o sapato, o equipamento novo…

São estratégias como estas que incitam a vontade dos seguidores de consumirem, usarem e terem o mesmo que seus ídolos.

E funciona, pois isto, dentro do marketing em geral, chama-se “usar gatilhos mentais”.

Explicando resumidamente, é usar estratégias que tragam à tona emoções e desejos das pessoas (eu quero, preciso ser o primeiro a…, não vivo sem isso), e os levam a tomar determinadas ações (vou comprar agora a roupa igual a fulano, vou ler agora o livro que ciclano recomendou…).

Mas, lembre-se: a naturalidade destes influencers é o que conquista seus seguidores. Se eles percebem que é jabá – por exemplo, se trocar de marca de shampoo toda semana, dependendo de quem patrocinou o post – a credibilidade e confiança vão por água abaixo.

Por este motivo, além de hashtags, analise se a pessoa é natural ou puro merchandising antes de entrar em contato.

Outras formas de encontrar um Digital Influencer

Existem empresas que trabalham exclusivamente com Marketing de Influência, apresentando influenciadores digitais para aqueles que querem seus serviços.

Plataformas como Influency.me são plataformas aonde você escolhe o perfil de seu Digital Influencer, de acordo com a persona que quer trazer para seu negócio digital.

Persona é o termo que usamos no marketing para designar de forma mais efetiva e real o perfil do nosso público alvo.

Por exemplo, se o público desta pessoa for: mulheres, de 25 a 30 anos, solteiras, no mercado de trabalho, que buscam roupas elegantes e confortáveis, classe C e B.  

Este seria um perfil para um empreendedor que vende roupas femininas elegantes e confortáveis, para mulheres solteiras que trabalham em ambientes empresariais.

Buscaria também pelo filtro de assuntos como “moda”, “elegância”, “business woman”, etc.

Nestas mesmas plataformas, contratado seu Digital Influencer, você poderá monitorar os resultados obtidos, através de engajamento com as publicações (visualizações, cliques em links, hashtags, compartilhamentos, comentários, etc).

Cuidados a se tomar com o marketing de influência

No mundo digital, mascarar seguidores e ações é mais fácil do que se pensa. Há alguns, mal-intencionados, que usam “bots” (robôs) para aumentar artificialmente sua audiência e engajamento.

Os Digital Influencers sérios condenam esta postura, pois lhes tira a credibilidade, bem como oportunidades de trabalho com grandes empresas.

E assim como as grandes empresas, você também vai querer pessoas de “ficha limpa” para falarem bem do seu produto ou marca.

O segundo cuidado é para não subestimar o poder de influência de perfis com menos seguidores. Pesquisas como as da FAAP mostram que por trás de perfis inflados, existem de 15 a 25% de perfis falsos como seguidores (camuflando-se para não serem pegos pelas redes sociais onde “habitam”).

Além disso, perfis com milhões de seguidores, apesar de terem muitas curtidas, tem um número de engajamento muito menor, o que significa menos compartilhamentos e cliques para sua loja.

Digital Influencers em sua estratégia de Marketing

marketing de influencia

Seja um grande ou pequeno empresário, é tendência nacional buscar influenciadores digitais para levar a marca, produto ou serviço ao público, que fica ligado em seus Smartphones.

Mesmo com as ressalvas sobre uso de “bots”, as empresas não pensam em dispensá-los. É o que  diz o chefe de marketing da Unilever, Keith Weed, na entrevista para a BBC Brasil:

“Mas os influenciadores digitais acrescentam uma nova e complexa dinâmica. Queremos trabalhar para desenvolver relacionamentos significativos com influencers que são tão apaixonados pelos seus públicos quanto nós somos pelas pessoas que usam nossos produtos no dia a dia.”

Pense exatamente nisso, ao procurar um Digital Influencer. Como ele fará a propaganda o que você vende?

  • Posts no Instagram e Facebook;
  • Comentários no Twitter;
  • Vídeo no Story usando, marcando e linkando o produto ou serviço;
  • Posts em blog;
  • Vídeo no youtube.

Tudo isso pode e deve ser combinado com quem é contratado, para alinhar com sua marca, produto ou serviço. São pequenos detalhes que podem alavancar ou estragar uma campanha.

Por isso é importante, frisamos aqui, estudar o perfil do influenciador digital: personalidade, como se comunica, quais são seus pensamentos a respeito de determinados assuntos polêmicos (e que podem “queimar” sua marca se estiverem associados), entre outros detalhes.

Se parece difícil para você escolher um Digital Influencer e já pensa em desistir antes de começar, fique tranquilo!

Imagine ter um passo a passo, guiado por um dos maiores experts no assunto, para utilizar esta estratégia de marketing  com Digital Influencers, em seu negócio?

Alavancar resultados, em divulgação, vendas, aquisição de clientes, com um curso feito na medida certa para você? Conheça o Marketing de Infuenciadores para Ecommerce.

Faz parte da equipe de conteúdo da Empreenda Ecommerce. A curiosidade a fez “especialista em assuntos aleatórios” – sabe de tudo um pouco, pois ela não para de estudar novos assuntos. Escreve desde os nove anos de idade e hoje se orgulha dos vários livros publicados.