curso de ecommerce

Fazer cursos de ecommerce é uma ótima forma de aprender a como iniciar o seu empreendimento digital, se atualizar no mercado ou conhecer uma técnica nova para potencializar seus resultados.

Neste artigo, você aprenderá 6 dicas valiosas que te ajudarão a escolher o melhor curso para você, de acordo com o seu caso. Assim, além de não ter prejuízo, você poderá desfrutar de aulas de qualidade e com conteúdos que realmente farão a diferença para o progresso da sua loja virtual. 

Atente-se as dicas e boa leitura!

1. Confira o conteúdo do curso

Verifique sobre o que realmente se trata o conjunto de aulas do curso em questão. Veja se ele abordará tudo sobre ecommerce, de forma ampla, ou se ensinará como vender mais em uma loja virtual, por exemplo.

Reparou a diferença? Mesmo se tratando de um mesmo tema, o responsável pode ter preferido uma dentre várias vertentes que podem ser abordadas.

Portanto, procure um curso que se alinhe melhor ao que você quer aprender. Por exemplo, se você for um iniciante, aulas que falem do ecommerce de maneira  geral. Um passo a passo partindo do zero lhe dará o conhecimento básico para que você possa se aprofundar mais futuramente.

Ou seja, veja quais assuntos serão tratados em cada curso e opte por pré-selecionar aqueles que tenham mais matérias com as quais você tem maior interesse em aprender. 

Encontrou alguns cursos adequados para a sua necessidade? Hora de conferir a próxima dica!

2. Saiba mais informações sobre o responsável pelo curso de ecommerce

Quem é o responsável pelo curso? É uma empresa séria e reconhecida na área ou um professor qualificado, com experiência acadêmica e prática? Procure informações na internet sobre quem é o dono do curso.

Em redes sociais como LinkedIn, Facebook ou até em um site próprio é possível conhecer  mais sobre esse profissional (ou empresa) e julgar se ele possui os conhecimentos adequados para ensinar sobre aquele assunto.

O mesmo vale para os professores que ministrarão as aulas: procure por feedbacks para saber se eles são bons professores, se contam com formação na área ou se já tiveram um bom resultado, na prática. Assim, você terá uma maior segurança de que pagará por um conteúdo de qualidade.

3. Verifique para qual nível de conhecimento ele é indicado

Assim como a abordagem do curso pode ser diferente, o nível de conhecimento prévio indicado para absorver todo aquele conteúdo também deve ser levado em conta.

Se você já tem anos de experiência, precisa buscar um curso de ecommerce que fale sobre as novidades do setor ou que fale de técnicas bem específicas, para que você possa se atualizar.

Já pessoas que estão começando a ter contato com a área precisam fazer cursos básicos, que ensinem os principais pontos sobre o ecommerce. Como: o que é, qual a sua finalidade, como abrir uma loja, como fazer as primeiras vendas, entre outros assuntos.

Além disso, um curso de ecommerce pode ser feito para diferentes tipos de profissionais que atuam no ramo: um dono de lojas virtuais, uma pessoa responsável pelo atendimento ao cliente, um designer, programadores freelancers especializados em ecommerce, etc.

Caso você esteja iniciando, fazer um curso muito avançado deixará o tema muito difícil de ser estudado, já que você ainda não entende termos mais simples. Por outro lado, investir em um curso muito básico quando se tem anos de experiência fará você gastar dinheiro em uma simples revisão, já que você já tem domínio sobre tudo que será falado.

4. Veja se os assuntos podem ser aplicados na prática

Um curso teórico demais pode não ser bom para quem procura resultados e um maior número de vendas. Opte por aulas que mostrem o assunto de maneira prática, que ensine formas de aplicar aquele conteúdo em seu próprio negócio.

Aliado a isso, também é importante verificar se o curso oferece formas de contato com os professores. Assim, ao perceber que uma certa técnica não está performando como deveria, vale conversar com o docente responsável para que ele possa lhe auxiliar.

Até mesmo para alunos mais básicos, um curso prático ajuda a dar os primeiros passos em seu novo negócio, já que pode ser muito difícil para quem nunca teve contato com o ecommerce abrir a sua própria loja online, por exemplo.

5. Avalie o material gratuito oferecido

Alguns cursos oferecem materiais gratuitos como uma “amostra grátis” do que se pode esperar do restante das aulas. Alguns exemplos são: um e-book, uma aula gratuita ou lives para conversar sobre o assunto do curso e tirar dúvidas.

Analise bastante esses materiais, veja se o conteúdo faz sentido para o seu caso, se é bem explicado e organizado. Além disso, não perca a chance de tirar todas as suas dúvidas sobre o curso, assim você poderá ter uma noção do que poderá esperar do restante das aulas e se o material completo realmente vai lhe agregar algo sobre ecommerce.

6. Procure por feedbacks de alunos

Outra forma de saber se aquele curso de ecommerce realmente vai lhe trazer os resultados esperados é conferindo o feedback dado por pessoas que já compraram aquele curso. Olhe nas redes sociais do dono ou na página do Reclame Aqui da empresa para saber se as pessoas se arrependeram ou não de assistir àquelas aulas.

Você também pode entrar em contato com uma dessas pessoas para saber mais informações sobre o curso: quais os assuntos são tratados, como é a didática dos professores, etc.

Não tenha medo de pesquisar a fundo se aquele curso vale a pena ou não, afinal, um curso de ecommerce pode ser um investimento caro, além do estudo demandar um tempo valioso da sua vida. Ou seja, ele deve ser feito apenas se os materiais agregam no sucesso dos negócios dos seus alunos.

Além de buscar informações sobre o curso oferecido, também é interessante ver o que os usuários acham de outros cursos oferecidos pela mesma pessoa ou empresa. 

Uma empresa pode ter um ótimo feedback nos seus cursos relacionados à marketing, mas a avaliação pode não ser tão boa para as aulas de e-commerce ou programação, por exemplo, caso a empresa não tenha tanta experiência nessa área ou os professores não sejam qualificados.

Além disso, lembre-se que cursos não podem fazer mágica: apenas assistir as aulas não garantirá que a sua empresa terá sucesso. É preciso que você treine bastante as técnicas estudadas e faça anotações pertinentes, assim você estudará de verdade e poderá fazer uma análise real sobre o método aprendido.

[BÔNUS]

E então, está preparado para fazer a sua caçada ao curso de ecommerce perfeito

Nossa indicação especial vai para os cursos da Empreenda Ecommerce. Sabia que é possível trabalhar em casa, com seu ecommerce, utilizando uma técnica que você aprenderá partindo do completo zero e sem necessidade de investir em estoque de produtos?

Ficou curioso? Então confira um pouco do curso!  

Além disso, caso você já tenha experiência em ecommerce e deseje aprender novas técnicas, na Empreenda Ecommerce você também encontra cursos para SEO, Facebook Ads e até mesmo como criar um plano estratégico inovador para o seu negócio. Confira mais informações sobre todos os cursos oferecidos pela Empreenda Ecommerce! 

Não esqueça de utilizar as dicas que destacamos aqui para escolher qual o melhor curso para o seu caso, hein! Bom estudo e boas vendas!

Avatar
Caio Ferreira é especialista em e-commerce, marketing direto e dropshipping. Criou o curso de dropshipping do Brasil mais completo do Brasil - o Negócio em 21 Dias 2.0 - e ajudou milhares de pessoas a mudarem de vida criando suas próprias lojas virtuais na internet sem gastar nenhum centavo comprando estoque de mercadorias.